Resumão NXT : A coisa começou a ficar séria

Depois de uma semana sem resumão (tinha podcast piloto pra editar, gente), chegamos aqui com mais um episódio de NXT. E nessa semana, o NXT foi mais douradinho, vide que semana que vem teremos o último evento ao vivo do NXT: Takerover [R]Evolution.

Charlotte contra uma aleatória


A filha do Ric Flair apareceu nessa semana para lutar contra uma moça oriental que eu não faço ideia quem seja. Em aproximadamente 2 minutos, ela chegou, gritou WOOOOO, aplicou uns 3 golpes e venceu. Fácil assim.

Logo em seguida, Sasha Banks, desafiante para o cinturão feminino no próximo especial da NXT, apareceu pra esculachar a campeã, jogando na cara que ele está ali só porque o pai dela é o Ric Flair (Não é completamente verdade, mas ela não tá muito errada).

Eis que Bailey chega com o joelho estourado e esculacha a Banks, que lhe aplica um chute no machucado pra ela deixar de ser otária.

bayley-knee-injury
Aí, a torcida do NXT mostra porque é foda: eles começam a gritar UUUUHHHHH AHHHHHH quando a Bailey cai. De onde eles tiraram isso?

Charlotte tenta defender, rola toda uma tretinha entre ela, a Banks e a Becky Lynch e pronto, Charlotte no chão, Sasha Banks com o cinturão. Não era pra rimar, mas estamos aí nessa atividade.

Buddy Murphy e Wesley Blake vs Vaudevillains

O Murphy e o Blake são os caras que lutaram contra os Lucha Dragons umas semanas atrás. É só isso que eu tenho pra falar dessa luta. Pois é.

Bull Dempsey e Baron Corbin ainda vão sair na mão

Novamente, o Bull Dempsey aparece pra ganhar uma luta de maneira rápida e sair pisando duro. Ele faz isso, ganhando de maneira decisiva de um sujeito que eu nem me dei ao trabalho de anotar o nome. Tudo isso somente para o Baron Corbin aparecer com a entrada mais estilosa do episódio.

corbin-bull-dempsey-nxt

Lembra do lance da galera contar os segundos pra ele ganhar? Então, eles repetem nessa luta e o cara ganha em TREZE segundos, contando o pin. Galera vibra, o finisher é maneiro e o Baron Corbin pode até lutar mal pra cacete, mas já tem o meu apreço.

ESSA PROMO DO KEVIN OWENS! ESSA PROMO!!!!

MATA ELES TUDO, GORDUCHO!

Tyson Kidd e Tyler Breeze vs Hideo Itami e Finn Bálor

Uma coisa que me incomoda desde que ele pisou num ringue da WWE, é que o Hideo Itami, que dava umas porrada louca quando lutava no Japão, parecia perdido. Ele parece que tá sempre se segurando pra não machucar a galera e, por isso, todos os seus golpes parecem cheios de fúria até chegar perto do oponente, aí vira um tapinha. Com a chegada do Finn Bálor, isso começou a mudar, ainda que tenha ficado mais clara essa “segurada de onda” do Itami.

Nessa luta deles contra o Tyson Kidd e o Tyler Breeze, dá pra ver que finalmente o Itami está se soltando. Ainda não tá MEU DEUS DO CÉU, OLHA ESSE CARA, mas tá maneiro. É pra isso que serve o NXT. Pra refinar o caboco. E o Bálor continua com trocentas poses de entrada, incluindo sua versão do SOLTA AS POMBA TUDO.

A luta em si foi bem legal, tendo um pisão do Finn Bálor no Tyler Breeze, de cima do corner, que RAPAZ! Até o chute do Itami ali no final foi louco.

No final, o Bálor esculachou os caras da Ascension, seus oponentes no NXT Takeover: [R]Evolution*, terminando que vai trazer algo que eles nunca viram antes. Esse fdp vai entrar pintado, né?

2099 #spiderman #spiderman2099

Uma foto publicada por Finn Bálor (@wwebalor) em

Neville e Zayn: agora a porra ficou séria

O main event do próximo especial do NXT, que acontece no dia 11 de dezembro, terá Adrian Neville defendendo seu cinturão contra Sami Zayn. Ambos são babyface e amigos, mas o Neville encontrou a melhor maneira de ser um heel sem ser um propriamente dito. Ele não fala que o Zayn é um bosta, pelo contrário. Ele elogia o cara e diz que ele é um dos melhores wrestlers do mundo e que merece uma chance para lutar pelo título, mas que todos sabem que ele não consegue ganhar as lutas importantes.

Só nesse comentário, ele elogia e dá um tapa na cara, mas sem ser um maldito. É só uma sinceridade podre, porque ele não tá mentindo. O Sami Zayn NUNCA ganhou as lutas realmente importantes desde que entrou no NXT. Só que esfregar na cara é zoado.

E é aí que ele desperta no Zayn aquilo que precisava pra ele se tornar o fodão que ele pode ser. O Zayn é FODA no ringue, mas ele sempre é o face legal, que todo mundo gosta e não faz de tudo pra ganhar. Ele quer ganhar de maneira limpa, então se o outro se machucar, ele não aproveita a oportunidade. Ele para e quer que o cara seja atendido. Não mais.

Esse tapa vindo do nada só me deixou com mais vontade de ver o NXT Takeover: [R]Evolution. Porque, finalmente, dá pra falar que AGORA VAI!

*Esse [R]Evolution ficou cretino pra cacete.

Leia Mais
Luchamania #13 – Royal Rumble e mais uma porrada de coisas