Resumão NXT 20/11: KILL STEEN KILL

Mais uma semana que passa e novamente o NXT foi mais interessante que o Raw. Se bem que se o NXT tivesse três horas de duração, provavelmente também perderia muito da sua qualidade.

Enfim, no episódio dessa semana, tivemos Divas, tag teams, lutas que duraram segundos e o aftermath de Sami Zayn vs Adrian Neville. Isso tudo e a data da chegada de Kevin Steen na WWE.

Para dar uma olhada nos episódios anteriores, clique aqui.

Bailey vs Becky Lynch

Depois que a Bailey perdeu pra Charlotte no NXT Takeover Fatal 4 Way, ela parece estar meio perdida e servindo de saco de pancadas da Sasha Banks e da Becky Lynch. Dessa vez, foi a vez da irlandesa com a gimmick de ROQUEIRA mais exagerada do mundo dar uma coça na moça, mas não dá pra falar que o combate foi ruim.

Na verdade, a luta foi bem maneira, ainda que seja estranho ver divas de fato LUTANDO e não dando uns golpes retardados. Vai ver isso ainda é ranço dos tempos de Kelly Kelly correndo nas cordas como se estivesse pegando impulso de uma parede de tijolos. Como já era esperado, a Becky ganhou, fazendo com a amigue Sasha Banks fosse ao ringue para chamar a Charlotte, atual campeã, pra porrada.

A filha do Ric Flair aparece, dá um corridão nas duas e parece que as duas vão mesmo lutar no próximo especial da NXT. Já a Bailey, bom, essa tá mais perdida que filho de quenga no dia dos pais.

Lucha Dragons (ou quase isso) vs Vaudevillains

Vaudevillains = Cesaro com cabelo e voz do Shawn Michaels e Eddie Guerrero com bigode ridículo. Não lutam igual, mas parecem.

A duplinha aparece arrotando grosso, que são os principais concorrentes pelo cinturão de Tag Teams do NXT e chamam os atuais campeões pra porrada. A música toca, o titantron fica todo amarelo e ouvimos o grito de LUCHA. Só pra ver dois anões com as camisetas dos Lucha Dragons, mas máscaras do NACHO LIBRE surgirem na bagaça. Sério, o uso das máscaras do Nacho Libre fez com que o trecho RIDÍCULO se tornasse glorioso.

Como na WWE, bater em minipessoas é considerado engraçado e é apoiado por todos, os anõezinhos foram humilhados pelos Vaudevillains.

KEVIN STEEN PROMO

Pois bem, chegamos no momento em que a última grande contratação da WWE para o NXT aparece para falar quando vai arrepiar alguém, de preferência com um Piledriver. Kevin Steen, que deve se chamar Kevin Owens na WWE (Owen é o nome do filho do cara, que ganhou esse nome por causa do Owen Hart, então tá tudo legal), tem uma promo simples, falando que é futuro e vai lutar contra todo mundo que surgir na sua frente.

Maneiro, tirando o fato que todo fdp que aparece na WWE agora fala que é “o futuro”. Eu queria muito que toda essa galera fodona que chega falando que é o futuro estreasse de uma vez, só pra ver o pessoal que já tá no NXT, tipo os CJ Parker da vida, ficar PUTAÇA e arrepiar os malucos. “TODO MUNDO É O FUTURO, CARA! É POR ISSO QUE A GENTE TÁ AQUI E NÃO NO MAIN ROSTER”.

No final da promo, a data em que o cara aparecerá de verdade: 11 de dezembro de 2014.

Baron Corbin squash match

Baron Corbin é um cara que paga de motoqueiro marrento, não luta lá essas coisas, mas tem um finisher maneiríssimo. Aqui, ele chega pra lutar contra um bucha e demora só 22 segundos pra ganhar.

A parte legal disso é que a galera tá começando a contar quantos segundos ele demora pra ganhar. Até o cara meio que ri quando a galera conta, porque é muito sensacional. Quando tá saindo, o Corbin cruza com o Bull Dempsey, outro gordo que também só faz squash match. Eles se olham num esquema “respect, top that, fat fuck”.

Vai, gordo
Vai, gordo

Bull Dempsey squash match

Galera faz a mesma coisa do Corbin e começa a contar quantos segundos ele demora pra ganhar. Quando ele passa de 22 segundos, geral começa a vaiar e gritar “Baron é melhor”. Torcida do NXT = MELHOR TORCIDA!

Mesmo assim, o Dempsey ganha de maneira FORTE, mas essa tretinha dele com o Baron ficou maneira por causa da galera.

Tyson Kidd vs CJ Parker

Tyson Kidd e os seus gritos de Link é o maluco que mais melhorou em 2014, desde que foi pro NXT. Tá certo que ele sempre foi muito bom, mas, agora, tem oportunidade de mostrar isso, se tornando num dos heels mais legais de toda a WWE (por mais que só a galera que assista o NXT consiga ver isso).

CJ Parker é um bosta com uns dread nojento e gimmick de hippie sujo. Tá certo que a mensagem que ele passa não é ruim, mas o cara não tem muito carisma e isso prejudica. É low/midcard for life, o que não chega a ser ruim.

A luta é maneira, mas que não acrescenta muito. Tá ali só pra ser maneira mesmo. Kidd ganha na base do sharpshooter.

tyson-kidd-sharpshooter

O cara tinha que ganhar algum cinturão no main roster só pelo trabalho impecável dele desde que foi pro NXT, no começo do ano. Sério.

No final da luta, acontece algo que realmente faz as coisas valerem a pena. O Kidd chama o Finn Bálor pra porrada por causa da luta da semana passada. Isso significa que teremos Kidd vs Bálor na semana que vem e ISSO TEM MUITO POTENCIAL.

Enzo Amore, Big Cass e Carmella

Enzo Amore e Big Cass (que eu só chamo de Edge 2.0) são dois dos caras mais carismáticos do NXT e estão quase chegando no nível da WWE inteira.

Com essa gimmick de guido deles, os caras mostram que mandam MUITO BEM em promos. Fora que aquele comecinho com “MY NAME IS ENZO AMORE. I AM A CERTIFIED G AND A BONEFIED STUD AND YOU CAN’T TEACH THAT” é algo que, se a WWE souber tratar direito, dá pra vender tanta merda com “You can’t teach that” quando esses caras forem pro main roster que meu deus.

Also: HOW U DOIN? e muito válido:

Aí eles vão lutar contra dois buchas que eu não vou me dar ao trabalho de anotar o nome. Eles ganham de maneira decisiva. Todos ficam felizes, até chegar a Ascension.

Já faz um tempinho que a Ascension tá pra ir pro main roster, mas o fato de não exisir, até ha pouco tempo, boas duplas pra divisão de tag team do NXT, eles foram ficando.

Agora, com uma galera maneira e os dois já sem cinturão, a impressão é a que eles vão lutar com o pessoal legal até o final do ano, sem ter uma feud mais TENSA, só pra sumir no horizonte e aparecer no Raw pra ter 888879374 lutas contra os Usos.

Quase certeza que rola treta deles contra o Finn Bálor e o Hideo Itami no especial de dezembro.

Sami Zayn e Adrian Neville

Depois da luta FUDIDA da semana passada, o Zayn vai até o ringue com sua boininha de jogador de bocha pra falar sobre sua derrota.

De fato, desde que ele apareceu no NXT, todas as lutas que realmente importavam terminaram com ele sendo derrotado, mesmo sendo um dos melhores nessa bagaça.

Ele se desculpa, entendendo o porque de ter perdido e chama o Neville pro ringue. O orelhudo, mostrando que também é melhor que uma galera do main roster, aparece mancando pra vender a lesão da semana passada. Aí você vê uns cornos tipo o Cena, que falta só tomar um tiro na cara durante a luta e sai pulando no final. FDP.

O Neville e o Zayn falam que se respeitam, toda aquela coisa bonita, que são amigos. O Sami fala que o Neville não deve nada pra ele, mas pela amizade, pede mais uma chance pelo cinturão e, caso não consiga ganhar, pedirá as contas.

O Neville fala que daria o rematch naquele momento, mas não pode agora, mas como amigo e por respeito ao seu talento, e o GM William Regal (a real man’s man) resolve acalmar a porra toda.

O Regal elogia o Zayn e que ele já provou várias vezes que merece chance pra ser campeão. ELe comenta que o Zayn fez parte do primeiro especial do NXT, Arrival, e nada mais justo que o main event do próximo especial, o último do ano, seja Sami Zayn vs Adrian Neville pelo cinturão da NXT.

O especial acontecerá 11 de dezembro, NXT Takeover: Revolution. O Neville fala que não quer ser o responsável pelo fim da carreira do Zayn e pra ele parar com aquilo. O Zayn responde que se não ganhar, realmente sai do NXT.

É quase certo que o Sami Zayn vai finalmente virar campeão do NXT. Faz um tempo que o Neville é campeão e faz sentido ele deixar de ser agora. Fora que o Zayn tá atrás disso há meses e não consegue. Tem que rolar um payoff nessa merda toda.

Levando em consideração de que o Zayn está até no WWE 2K15, a chance de ele sair por um tempo é nula, então existem duas possibilidades nessa brincadeira, principalmente após a quase certa candidata à luta do ano entre ele e o Neville:

1) Digamos que o pessoal do NXT está realmente querendo pegar todo mundo de surpresa e o Zayn perca. Se ele sair, existe a possibilidade de retornar logo em seguida como El Genérico. É algo que provavelmente NUNCA vai acontecer, mas meio mundo choraria sangue ao realmente ver o personagem novamente em ação;

2) O Zayn ganha o cinturão. Notem que nesse episódio teve a primeira promo de Kevin Steen chegando ao NXT, exatamente no mesmo dia do especial Takeover. O Zayn tem uma história FUDIDA com o Steen antes de eles chegarem na WWE, com direito a lutas épicas como tag team ou um contra o outro (só ver El Genérico vs Kevin Steen Ladder Match. É um absurdo).

Ter o Steen chegando agora, pode indicar que o Neville está prestes a ser chamado pro main roster (o que é justo) e deixar o Zayn mais alguns meses para ter uma feud contra o Steen, que chegaria depois da luta deles e atacaria o campeão.

Pode parecer prematuro, mas uma feud Zayn vs Steen (ou Owens, conforme alguns boatos sobre o novo nome do cara na WWE) teria um baita potencial, fora que seria a única chance de ver ela ser feita direito dentro da empresa (nem fodendo que fariam um trabalho decente com os roteiristas do main roster).

Existe muito potencial em todas as possibilidades. E provavelmente, todas elas apresentarão um resultado muito melhor que do Raw e Smackdown sem nem se esforçar muito. Só mais um exemplo de como NXT >>>> todo o resto.

Leia Mais
Luchamania #14 mas que é OITÔ – Bobices, PPVs, Broken Matt Hardy e muito mais