Depois de um 2017 que pode ser definido como caótico, a Paige voltou à WWE como líder de uma nova stable e com tudo pra lutar pelo cinturão das mulheres. Agora, tudo foi pro saco, já que ela pode não voltar mais aos ringues por conta de uma lesão na sua coluna.

De acordo com o site PWInsider, a lutadora foi informada na última segunda-feira, dia 8 de janeiro, que sua carreira como wrestler na WWE acabou devido a uma lesão em sua coluna, agravada após um acidente durante uma luta em um house show em dezembro.

Paige já tinha sofrido com um problema no pescoço, o qual foi operado e que a afastou do ringue por um bom período de 2017. Pra piorar a situação, o relacionamento explosivo com Alberto Del Rio (Doritos, seu puto), duas suspensões por ter quebrado as regras sobre uso de drogas da WWE e um escândalo com fotos e vídeos explícitos vazados na internet fez muita gente até pensar que a moça não passaria de 2017.

Pois ela voltou, com um filme sobre a história da sua vida (produzido pelo The Rock) em pós-produção e as coisas entrando nos eixos. Até que durante esse house show, ela levou um golpe pelas costas (Sasha Banks deu com os dois pés nas costas dela), ela caiu e não conseguia nem se levantar.

Desde então, ela vem acompanhando Sonya Deville e Liv Morgan, as duas lutadoras do NXT que subiram pro main roster pra fazer parte do stable da Paige, mas sem se envolver fisicamente nas feuds.

A Paige havia sido confirmada para o Royal Rumble feminino que rolará no final do mês, mas agora parece que vão fazer algum bem bolado e tirar ela da luta. Segundo o site PWInsider, a situação dela dentro da WWE é bastante similar ao do Edge, que estava lutando e por causa de uma lesão, os médicos perceberam que ele não poderia voltar aos ringues, encerrando subitamente a sua carreira.

A ideia, segundo as fontes do site, é manter a Paige trabalhando em um papel que não precise lutar, mais ou menos como o Daniel Bryan atualmente. A WWE ainda não se pronunciou sobre o caso.

Sem mais artigos