Na lista de coisas tontas da internet que jamais vou entender, há algum tempo, ressurgiu uma fascinação com a música Africa, da banda Toto. A música não é ruim, mas eu não entendo como de repente virou hino de tanta gente. Se bem que eu também não entendo como Evidências segue sendo a música favorita de jovens de 20 anos quando bebem, cantando essa desgraça TODA VEZ e acabando com a beleza dessa canção.

A música conseguiu novos fãs, revitalizando a popularidade da banda e gerando versões imbecis como essa aqui:

Só que uma ganhou força na forma de uma conta no Twitter que pedia uma versão de Africa, só que tocada pelo Weezer. Eventualmente, a banda entrou na brincadeira e gravou a cover, que acabou sendo o seu maior sucesso em quase dez anos.

Agora, Toto resolveu retribuir a gentileza. Em um show feito em Vancouver, a banda comentou sobre a versão gravada pelo Weezer e resolveu fazer uma cover de Hash Pipe, pois, segundo eles, “eles fumavam haxixe antes de eles terem nascido, então decidimos que tocaríamos essa música”, antes de mandar um “Esse é um tributo ao Weezer, Deus abençoe eles”.

E assim como a versão de Africa do Weezer ficou surpreendentemente boa, a de Hash Pipe do Toto ficou bem maneira. Agora faz o Toto gravar El Scorcho e o Weezer gravar Hold the Line, sei lá.

Sem mais artigos