Babymetal é a prova de que o Japão manja muito das bizarrices

Já é de conhecimento geral que o Japão é um lugar um tanto quanto diferente do resto do mundo. Apesar de toda uma cultura riquíssima, umas paradas estranhas como comprar calcinhas usadas em vending machines ou pornografia com tentáculos nos faz pensar que algo muito errado aconteceu por lá. Só que quando você percebe que essa mistura de epicidade e bizarrice pode gerar coisas incríveis, tudo pode ser deixado de lado e podemos aplaudir o Japão pelo seu papel no mundo. Uma prova disso é o grupo Babymetal.

Começando com o nome um tanto ridículo, Babymetal é um grupo de três mocinhas bonitinhas que cantam como se fizessem parte de um grupo pop, mas em cima de um instrumental do mais puro metal \m/. Suzuka Nakamoto, Moa Kikuchi e Yui Mizuno tê, entre 14 e 16 anos e nem sabiam o que era metal antes de entrarem pro grupo, obviamente criado por algum gênio do mal japonês que merece todo o dinheiro que está ganhando com a empreitada.

Babymetal tem apenas um disco, lançado em fevereiro desse ano, mas já contam com alguns singles no mercado e devem lançar um disco ao vivo. Sério, eu tô impressionado com o fato de que o negócio todo não é ruim. Ok, toda música japonesa com umas guitarras mais frenéticas parece abertura de anime (provavelmente um dia será e tal), mas gruda na cabeça de uma maneira incrível. TEM COREOGRAFIA PRA MÚSICA DE METAL! Isso é absurdo e impressionante!

E sim, nego vai reclamar das meninas, mas elas conseguem ter músicas mais legais que muita banda tr00 de metal que tem por aí. Tudo bem que elas não escreveram nada, mas e daí?

Atualmente, o disco do Babymetal se encontra no Top 10 de álbuns de rock no iTunes de sete países, incluindo Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Suécia e Japão. Você provavelmente não verá um show ao vivo disso, mas por deus, como eu vou ouvir essa desgraça agora.

Fun fact: Minha arroba no Twitter é @odametal. Os nomes artísticos das minas do Babymetal são Su-metal, Moametal e Yuimetal. Não sei se fico orgulhoso ou triste com essa proximidade.

Leia Mais
Trailer final de O Espetacular Homem-Aranha 2 está entre nós