Desde que foi lançado em 2004, World of Warcraft, MMO baseado na série de estratégia da Blizzard, tomou o mundo pra si e virou o mercado de MMORPGs de pernas pro ar. Agora, prestes a lançar mais uma expansão, surge a informação de que quase um milhão de jogadores largaram mão de se aventurar por Azeroth.

Em uma reunião de acionistas da Activision, foi revelado que desde maio de 2014, o número de jogadores de WoW diminuiu em 800 mil. Enquanto em maio o jogo contava com 7,6 milhões de pessoas lutando e dançando nas praças do jogo, o número atual é de 6,8 milhões.

Ainda é gente PRA CACETE, mas até quando a Activision Blizzard vai conseguir manter um número considerável de jogadores pra justificar a existência do MMO? São 10 anos, gente. Já dá pra tocar o barco.

O fato de WoW ainda dar lucro pra empresa, fora que 2016 verá a estreia de um filme baseado na franquia, meio que garantem mais uns anos de World of Warcraft.

Pra constar, a nova expansão do jogo, chamada Warlords of Draenor, será revelada no dia 14 de agosto e o game também terá um Corgi de fogo como pet.

World of Warcraft Corgi

Só nisso aí, já vão faturar alguns milhões. Dinheiro fácil é isso aí, gente.

Sem mais artigos