A verdade sobre o enterro de milhares de fitas do Atari já tem data para ser revelada

Na década de 80, a indústria de videogames viu um boom de vendas do Atari. Ao mesmo tempo, o número de jogos de qualidade batata era absurdo, o que acabou por saturar o mercado. Considerado um dos grandes responsáveis pelo crash dos videogames no mercado dos games, que só conseguiu se recuperar com a chegada do NES, foi o lançamento de E.T. jogo “baseado” no filme de mesmo nome de Steven Spielberg. A Atari estava tão crente do sucesso do jogo que produziu milhões de fitas. Só que o título era tão ruim que ele encalhou de maneira épica, deixando a empresa com 3, milhões de fitas paradas em um depósito. Diz a lenda que elas foram enterradas no meio do deserto do Novo México, nos EUA. Agora, uma equipe de filmagens e a Microsoft vai escavar o local em busca de provas.

A Microsoft anunciou que no dia 26 de abril, todos estão convidados para irem até a cidade de Alamogordo para acompanhar a escavação em busca dos cartuchos perdidos de E.T. Por que a Microsoft está envolvida nisso? Existe uma explicação para isso.

Tudo começou quando uma equipe da empresa Fuel Entertainment conseguiu a liberação da prefeitura de Alamogordo para escavar o provável local onde a Atari enterrou as fitas. Nunca foi confirmado que os cartuchos estão lá, apenas que a empresa cavocou o lugar e jogou umas paradas lá. Agora, a Fuel fez uma parceria com Xbox Entertaiment Studios e a LightBox Entertaiment, que resolveram entrar na dança e acompanhar a empreitada. O que isso significa? Provavelmente tudo será documentado e disponibilizado no futuro na Xbox LIVE.

A data escolhida também tem certo peso, já que foi em 26 de abril de 1989 que a Atari “escondeu” suas coisas no meio do deserto. O que será mais que a empresa tinha pra se desfazer que foi necessário todo esse trabalho? Saberemos disso em breve.

Leia Mais
Nathan Fillion é Nathan Drake no filme (feito por fãs) de Uncharted