Cada vez mais, a biblioteca do Nintendo Switch se mostra cheia de pequenos jogos maravilhosos e que deveriam receber um destaque maior. Um bom exemplo disso é Ape Out, jogo da Devolver Digital, que também foi lançado para PC, e que coloca o jogador no controle de um gorila sempre tentando alcançar a sua liberdade.

Só isso, esse é o objetivo do jogo, mas ele tem um estilo e gameplay tão maneiros que merece que eu saia gritando por aí para todo mundo jogar essa belezinha.

No ritmo gostoso do jazz (e da porradona sem limites)

Ape Out é dividido em quatro partes. Cada uma delas representa um álbum de jazz. Sim, parece bizarro, mas acompanha comigo. O visual do jogo lembra bastante com algumas artes de discos lançados na década de 60, com imagens e fontes bastante características do gênero. Ape Out segue a mesma linha.

Com um visual com a câmera superior, desde o macaco até os cenários e inimigos, tudo é estilizado como uma dessas capas. O mais impressionante fica a cargo da trilha sonora, que se adapta conforme suas ações dentro do jogo.

Deu uma porrada em um inimigo? Ela soa como o prato da bateria, mudando o rumo da música que está sendo tocada de fundo. Pelo tipo frenético do gênero de jazz, as músicas que acompanham as fases dá um ritmo todo especial à ação, aumentando consideravelmente a tensão em alguns momentos críticos do gameplay.

Ape Out não é um jogo particularmente difícil de dominar, mas é uma desgraça para passar de algumas fases dele. Seja pelo fato de o gorila praticamente não ter defesa e ter como ações apenas andar, agarrar, jogar e dar uma porrada absurda nos inimigos.

Com o tempo, você começa a pegar o timing das porradas e a distância necessária para acertá-las, assim como onde agarrar seus inimigos, mas em alguns momentos, a ação se torna tão frenética que você só quer sair correndo feito um louco, o que acaba por fazer com que seu gorila tombe sem dó.

Ape Out é um jogo relativamente curto, podendo ser finalizado em pouco mais de duas horas e meia, mas vale cada centavo investido nele. Isso porque o título da Devolver Digital é realmente especial, e dá vontade de jogar várias vezes, até porque as fases são criadas proceduralmente, gerando uma experiência nova sempre que você for jogar.

Em resumo, Ape Out é um puta jogo. Ele é divertido, desafiador, violento, estiloso, com uma trilha sonora foda e um gameplay redondinho. Vai na fé que você não vai se decepcionar.

Ape Out foi jogado com cópia de Nintendo Switch cedida pela Devolver Digital.
Leia Mais
Review: Life is Strange — Episode 1: Chrysalis