Chefe da Sony francesa revela detalhes sobre o problema com DriveClub

DriveClub foi anunciado junto com o PlayStation 4 e deveria ser um dos títulos de lançamento do console. Um jogo de corrida cheio de funções sociais acabou por chamar atenção do público. Só que aí o game foi adiado. E adiado novamente. O que era pra ser gratuito para os assinantes da PlayStation Plus acabou virando uma “demo chique”, com bem menos conteúdo do que a versão retail.

Quando finalmente chegou às lojas, DriveClub veio cheio de problemas que impossibilitavam os jogadores que pagaram pelo título de aproveitar grande parte de suas funções, por causa de servidores que não suportavam um grande número de pessoas. A versão da Plus? Sabe-se lá quando será lançada.

Três semanas já se passaram e apenas mensagens de “Estamos arrumando, desculpa aí” por parte dos desenvolvedores do game se tornaram padrão. O que realmente aconteceu com DriveClub? Agora, o chefe da Sony da França, Philippe Cardon, disse com todas as letras que o problema é resultado de um problema de programação do jogo, e não falta de servidores.

DriveClub_Screen2

EM entrevista ao site francês Gameblog, Cardon revelou que o problema com DriveClub é que, a maneira como ele foi desenvolvido, contava com um erro que limitava o número de pessoas acessando o jogo. Por causa disso, jogadores não conseguem acessar os servidores do game, mesmo eles funcionando e em um número considerável para o lançamento.

O executivo revelou que o pessoal do Evolution Studios está trabalhando duro para “consertar” o código do jogo, permitindo que todos possam usufruir de DriveClub.

Por enquanto, a versão completa do título continua indisponível para compra na PSN, que permite apenas que os assinantes da Plus adquiram uma versão com desconto. A versão gratuita mesmo foi adiada para uma data ainda não revelada.

Leia Mais
Homem-Aranha: os jogos eletrônicos tipo videogame do Aranha