michikomidoriImagine-se no Japão, meados do período Edo. Você é uma menina que, ainda muito pequena, foi vendida para o okiya (casa das gueixas) para ser doutrinada como um delas. Seu grande sonho é livrar-se dessa condição e conhecer sua família. O que você faz? Treina para se tornar uma samurai, claro!

Essa é a premissa A Samurai, graphic novel que conta com a participação de 8 talentosos quadrinistas da atualidade. O roteiro é de Mylle Silva e promete agradar não só os fãs de cultura japonesa, mas também todos que gostam de personagens femininas fortes e cheias de personalidade.

A direção de arte do projeto e o primeiro capítulo do projeto estão nas mãos de Yoshi Itice (estúdio Manjericcão). Os demais quadrinistas são Vencys Lao, Guilherme Match, Mika Takahashi, Bianca Pinheiro, Herbert Berbert, Leonardo Maciel e Gustavo Borges. Todos os artistas foram selecionados pela própria roteirista, que também coordena o projeto.

A proposta gráfica de A Samurai é bem interessante, contado a história em oito capítulos, cada um com uma cor predominante. Isso é usado para que cada artista possa ilustrar e passar ao leitor o sentimento e do capítulo através de uma cor específica.

Campanha no Catarse

Assim com acontece com vários projetos independentes da atualidade, A Samurai segue sua campanha através do Catarse, plataforma de crowdfunding em que você pode ajudar a fazer com as ideias saiam do papel.

Acessando a página oficial da campanha, você pode ter mais informações sobre todos os envolvidos na graphic novel, além de verificar as diferentes recompensas que poderá receber ao ajudar com o projeto.

Corre lá no Catarse e dê uma olhada nesse projeto bem legal.

samurai-vertical

O Na Marra é um espaço do Puro Pop para mostrar os projetos que vocês estão tocando e que normalmente não recebem tanto destaque na mídia. Seja quadrinhos, curtas, webseries, jogos, livros ou o que for que se encaixe nesse mundão de cultura pop, você pode receber o seu momento aqui no Puro Pop, encaminhando um e-mail para nós pelo namarra @puropop.com.br.

Se você ficar milionário depois, dá um abraço e alguns milhares de dólares pra gente. (O abraço já tá maneiro =D).

Sem mais artigos