Tem na Netflix #28: Caça-Fantasmas, dinossauros e Inigo Montoya

Você assinou a Netflix, está todo faceiro por ter uma bordoada de títulos para ver, mas a quantidade de coisas na tela acaba criando um problema. Muitas vezes, você passa mais tempo procurando alguma coisa para ver do que realmente assistindo um filme ou série.

Pensando nisso, resolvemos criar algumas listas com sugestões de filmes, séries e documentários disponíveis no Netflix brasileiro, dando os motivos pelos quais você deveria assistir aquilo. É o Tem na Netflix!

Sim, você simplesmente poderia ficar rodando a lista do Netflix e tentar a sorte com algum título, mas também pode ver em um ou dois parágrafos se um filme merece seu tempo ou não.

A ideia é cada lista contar com sete títulos, um para cada dia da semana. Sim, terão alguns filmes ou séries que todo mundo conhece, mas tem gente que não entende o motivo do hype e estamos aqui para oferecer aquele abraço e explicar o porque.

Para acessar os filmes e séries, basta clicar nos títulos aí embaixo. Para verificar as outras listas do Netflix que já fizemos, clique aqui.

1) Os Caça-fantasmas

Ghostbusters
Vou partir do princípio que você nunca vi Caça-Fantasmas e já começo te olhando torto, mas vamos lá. Cientistas que estudam o paranormal em Nova York acabam trombando com uma entidade que pode dar fim à toda vida.

É basicamente o Bill Murray, Dan Aykroyd e Harold Ramis no auge de suas carreiras e sendo sensacionais. Tem sequência (que não é tão legal), vai ganhar reboot com elenco feminino (que eu tô achando que vai ser bem qualquer coisa), mas o que realmente vale é isso aqui. Saca aquele esquema de raio não cair no mesmo lugar? Então.

2) Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros

JP-WhenDinosaursRuled
Eu ainda não consigo entender como a galera acha um parque com um monte de bicho extinto, mas recriado em laboratório, é uma boa ideia, mas ok. Esse é basicamente o plot geral de Jurassic Park: bilionário recria dinossauros e cria um parque numa ilha. Antes do negócio abrir de verdade, dá merda e os bichos ficam soltos.

Mesmo assim, é um baita filme de aventura, tem Jeff Goldblum e aquela música tema que só o John Williams poderia compor.

3) Brick: A Ponta de um Crime

2005_brick_joseph_gordon-levitt_brendan
A trocentos anos eu falo desse filme, então agora vai! Brick é um longa dirigido por Rian Johnson, diretor do MELHOR EPISÓDIO DE BREAKING BAD, Looper e que vai assumir o comando de Star Wars: Episódio 8.

Só isso já merecia sua atenção, mas Brick é estrelado por Joseph Gordon Levitt no papel de um jovem que ainda está no colégio e resolve investigar o desaparecimento de uma ex-namorada. A sacada do filme é que, mesmo se passando em um colégio, Brick é completamente um filme noir, com todas as trucagens do gênero. Sério, essa maldição é muito boa! Assiste esse negócio!

4) Jack Reacher: O Último Tiro

Reacher
Tom Cruise sendo um fodão é algo sempre maneiro em filmes. Mesmo o cara sendo meio pancada, é inegável que os longas de ação dele são bons, como é o caso de Jack Reacher. O sujeito é um ex-detetive do exército que se vê em meio a uma investigação de assassinato. É maneiro, é divertido, é baseado em livro e ainda vai ganhar sequência em breve.

5) A Princesa Prometida

Princess Bride
Um dos filmes mais maneiros dos anos 80 e que mais gente tinha que assistir, A Princesa Prometida conta a história de um jovem que se apaixona por uma moça, dá um rolo, ele salva ela, tem fantasia e ahh dane-se. Tem o Andre The Giant e o Inigo Montoya, um dos personagens mais sensacionais do mundo! Sim, DO MUNDO!

6) O Homem com Punhos de Ferro

Man iron fists
Vou avisar de antemão: O Homem com Punhos de Ferro não é um bom filme. PORÉM, ele consegue ser divertido na ruindade dele.

Estrelado pelo rapper RZA, o filme conta a história de um sujeito que vira ferreiro no Oriente, rola um monte de merda, tem o Russell Crowe bêbado e MESTRE da bala, gente com o braço cortado e PUNHOS DE FERRO.

Sério, parece um filme ruim (e meio que é), mas consegue divertir mesmo assim.

7) Os Fantasmas se Divertem

beetlejuice
O cara foi o Batman. O cara foi indicado a um Oscar por interpretar um ator que foi um super-herói. Só que o melhor papel do Michael Keaton ainda é o Beetlejuice.

Em Os Fantasmas se Divertem, um casal morre, mas seus espíritos permanecem na sua residência. Quando um bando de esnobes surge no local, os dois chamam o “assustador profissional” Beetlejuice para tentar expulsar os novos moradores.

É maneiro, é engraçado e tem aquela cena do jantar que tá de parabéns!

Leia Mais
Benedict Cumberbatch deve mesmo ser o Doutor Estranho no cinema