hora-de-aventura tem no netflix
Você assinou a Netflix, está todo faceiro por ter uma bordoada de títulos para ver, mas a quantidade de coisas na tela acaba criando um problema. Muitas vezes, você passa mais tempo procurando alguma coisa para ver do que realmente assistindo um filme ou série.

Pensando nisso, resolvemos criar algumas listas com sugestões de filmes, séries e documentários disponíveis no Netflix brasileiro, dando os motivos pelos quais você deveria assistir aquilo.

Sim, você simplesmente poderia ficar rodando a lista do Netflix e tentar a sorte com algum título, mas também pode ver em um ou dois parágrafos se um filme merece seu tempo ou não.

A ideia é cada lista contar com sete títulos, um para cada dia da semana. Sim, terão alguns filmes ou séries que todo mundo conhece, mas tem gente que não entende o motivo do hype e estamos aqui para oferecer aquele abraço e explicar o porque.

Para acessar os filmes e séries, basta clicar nos títulos aí embaixo. Para verificar as outras listas do Netflix que já fizemos, clique aqui.

1) O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei

The-Lord-of-the-Rings-The-Return-of-the-King

Apesar de ser só a conclusão da trilogia, é inegável que O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei é o melhor dos três filmes dirigidos pelo Peter Jackson. Seja pelos quarenta e cinco finais, pelas batalhas fantásticas ou pela cena do “My friends… you bow to no one” (única que me fez chorar no cinema até hoje), O Retorno do Rei precisa ser assistido de vez em quando pra lembrar como o Peter Jackson se perdeu com a trilogia do Hobbit.

2) Peixe grande e suas histórias maravilhosas

peixe grande

Um filme do Tim Burton que não é estrelado pelo Johnny Depp merece a nossa atenção. Mesmo tendo a Helena Boham Carter ali, Peixe Grande é um excelente filme sobre um sujeito que sempre floreou os acontecimentos de sua vida para o filho. Um longa sobre relacionamento familiar e que ainda traz uma das músicas mais bonitas que o Pearl Jam já lançou.

3) Rocky um Lutador

rocky-vs-apollo-studio-off2

Ok, todo mundo já viu o filme do Rocky. Balboa contra Apollo Doutrinador (MELHOR. TRADUÇÃO. DE. NOME. DA. HISTÓRIA) é um clássico que você já viu, mas sabe que vai clicar ali e assistir de novo.

4) Hora de Aventura

adventure-time-hora-da-aventura_01

Um dos desenhos mais hypados dos últimos tempos, Hora da Aventura pode parecer absurdamente retardado à primeira vista. Só que basta um pouco de atenção para notar que as histórias de Jake e Finn são excelentes principalmente para adultos, já que apresentam uma profundidade incomum. E a animação é bem feita pra cacete!

5) A hora do pesadelo

a-nightmare-on-elm-street

Onde tudo começo com Freddy Krugger, um dos melhores vilões que Hollywood conseguiu criar e que hoje é visto apenas como um bobo de cara queimada e uma luva maneira. O primeiro A Hora do Pesadelo tem lá o seu humor, mas é bem mais tenebroso por ter apresentado a ideia de que um ser pode invadir os seus sonhos e te matar de maneira horrenda lá. E tem Johnny Depp no começo de carreira, então é interessante assistir.

6) Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres

Millenium

Baseado no livro de mesmo nome, Millennium: Os Homens que não amavam as Mulheres é o original norueguês e superior à versão de Hollywood, lançada uns anos depois. Contando a história de um jornalista e uma hacker investigando o desaparecimento de uma jovem há anos, o longa é pesado, mas que consegue segurar o espectador até seus momentos finais.

7) Gangues de Nova York

Gangues de Nova York

Lembram da época pós-Titanic em que ninguém aguentava ver a cara do Leonardo DiCaprio pelo fato de o sujeito aparecer demais, ficando com estigma de galãzinho (apesar de ser um baita ator)? Pois foi com Gangues de Nova York, primeiro filme dele com Martin Scorsese, que deu pra começar a ver que o ator não ficaria vivendo só da glória de ter afundado porque não sabe subir numa porta.

Além de ser um filme realmente bom, Gangues de Nova York traz Daniel Day Lewis como Bill, o Açougueiro, um dos personagens mais tensos e fantásticos do começo do século XXI. Clica play e assiste isso aí de uma vez!

Sem mais artigos