Roteiro de Star Wars Episódio IX que foi descartado vazou mesmo na internet

Star Wars

Star Wars: A Ascensão Skywalker saiu e conseguiu fechar a nova trilogia de Star Wars de um jeito meio porco (pra não falar que foi bem ruim). Algumas escolhas do novo filme acabaram se mostrando bem capengas (em especial o retorno desnecessário e mal feito do Imperador) e fez muita gente se perguntar como seria a história do Episódio IX que quase foi dirigido por Colin Trevorrow, de Jurassic World e que abandonou o projeto em 2017. Agora, todo mundo sabe mais ou menos como seria porque o roteiro do filme acabou vazando na internet.

Colin Trevorrow foi escolhido para dirigir o terceiro filme da trilogia de Star Wars, logo depois do sucesso de Jurassic World. Não demorou muito pro cara falar umas bobagens em entrevistas e ser visto como uma má escolha pro cargo, mas as coisas seguiram, até certo ponto, sem problemas. Só que aí surgiu a notícia de que ele tava deixando o projeto por “diferenças criativas” e JJ Abrams assumiu o filme. O resto, deu no que deu, por bem ou por mal, dependendo de como você se sentiu com Ascensão Skywalker.

Na terça-feira, dia 14 de janeiro, o canal do YouTube do produtor Robert Meyer Burnett lançou um vídeo em que ele fazia um review desse roteiro, que tinha data de dezembro de 2016, uma semana antes do falecimento da Carrie Fischer. Não demorou para a internet achar que era coisa de fã porque tinha muita coisa que as pessoa que reclamaram da versão que foi ao cinema queriam ver. Só que mais de um site (em especial Collider e The Playlist) confirmou com suas fontes dentro da Disney/Lucasfilms que o roteiro é real.

O duelo dos destinos

Então, como seria o episódio IX sem a mão do JJ Abrams e do roteirista de BATMAN v SUPERMAN? O filme se chamaria Star Wars: Duel of the Fates, que já é um nome MUITO melhor que Rise of the Skywalker e titulo de umas das melhores músicas da franquia. O mote principal da história seria Rey, Finn, Poe e Rose Tico em missões para tentar fortalecer a Resistência e também trazer Kylo Ren de volta para a luz. Nessa versão, Kylo já tá completamente perdido e em busca de um meio de acabar com os Jedi e Sith.

Para fazer isso, ele acaba encontrando um antigo mestre do Darth Sidius e tenta desenvolver poder suficiente para isso. Enquanto ele tenta, o espírito de Luke Skywalker acompanha o sobrinho tentando convencê-lo a deixar seus planos para trás. Também seria explicada que parte da conexão dele com a Rey era que, logo que começou a ser treinado pelo Snoke, o adolescente Kylo Ren teria matado os pais de Rey, que aqui continuariam sendo dois ninguém.

No roteiro, além de ter uma história diferente, os personagens são, aparentemente, melhor desenvolvidos, principalmente Finn e Rose Tico, que foi quase apagada completamente em Ascensão Skywalker porque o JJ Abrams é um frouxo. Os dois têm papeis bem importantes para o filme, inclusive fechando bem o arco do Finn, de Stormtrooper até líder de uma revolução em Coruscant, junto com outros Stormtroopers.

Star Wars

Veja também

Segundo consta, o roteiro pega bem mais leve no fan service, ainda incluindo algumas coisas interessantes, como visitas a Mustafar e Mortis, onde supostamente aconteceria a luta final entre Rey e Kylo Ren. Nela, enquanto o PAU COMIA a Resistência lutaria com a ajuda de vários planetas contra a Primeira Ordem. Em dado momento, os espíritos de Luke Skywalker, Obi-Wan Kenobi e Yoda tentariam trazer Kylo Ren de volta para a luz, mas ele já estaria tão entregue ao lado escuro da Força que acabaria morrendo. Aqui tem uma descrição mais detalhada sobre essa luta, via o site i09, que também teve acesso ao roteiro.

Star Wars

No final, os heróis conseguem reunir crianças sensíveis à Força, inclusive o molequinho da vassoura do final de Os Últimos Jedi, para Rey treinar como uma nova ordem, além dos Jedi e Sith. MUITO MELHOR que uma velha aleatória perguntando o sobrenome dos outros no meio do deserto.

O roteiro parece muito mais uma continuação dos temas abordados em Os Últimos Jedi e seguindo em frente com a história, em vez de ficar tentando consertar o que não tava quebrado. Até mesmo a ideia do Luke morrer e virar fantasma da Força existia em 2016, antes do lançamento de Os Últimos Jedi. Aí foram lá, jogaram tudo fora e trouxeram o Palpatine. Parabéns aos envolvidos.

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2020 Puro Pop. Todos os direitos reservados