Quer saber como o filme do Akira QUASE se pareceu?

Há algum tempo, Hollywood vem tentando adaptar o mangá Akira para os cinemas, mas o alto custo do seu orçamento e o fato de que é uma história complicada para cacete de adaptar vem complicando as coisas. O diretor Ruairi Robinson, que esteve ligado ao projeto em 2009, quase conseguiu tirar a ideia do papel, chegando ao ponto de criar artes conceituais dos cenários e dos personagens fariam parte da trama.

Sem muito alarde, Robinson postou essas artes no seu site oficial, dando um gostinho do que a Warner Bros estava querendo fazer com o filme, além de mostrar alguns dos nomes que estavam sendo cotados para viverem os personagens principais do filme. Todas elas estão ali em cima, na nossa galeria.

Além de imagens dos cenários e das motos, é possível ver o visual da versão do Kaneda e do Tetsuo, que nessa adaptação se chamaria Travis. E aí eu tenho o meu momento “lazarento da minha cabeça”. O Kaneda da arte foi desenhado em cima do Chris Evans, enquanto o “Travis” é em cima do Joseph Gordon-Levitt, dois atores cotados na época para os papéis.

Akira Chris Evans Joseph Gordon Levitt

Pois bem, por que mudaram o Tetsuo para Travis, sendo que o Gordon-Levitt, forçando um pouco a amizade, poderia ser considerado descendente de japoneses, enquanto mantiveram KANEDA pro MALDITO DO CAPITÃO AMÉRICA?

Tirando isso, as artes mostram que, visualmente, o filme tinha um grande potencial para impressionar a todos.

Os envolvidos também haviam comentado que o filme seria dividido em duas partes e que elas seriam bem mais fieis ao mangá que o anime, que ignorou uma porrada de coisas.

Até hoje, a Warner ainda tem os direitos para a adaptação de Akira. Talvez, quando cansarem dos quadrinhos normais e conseguirem adaptar direito um jogo para o cinema, Hollywood vire seu olhar para os animes e mangás. Aí será um salve-se quem puder.

Leia Mais
Gearbox anuncia Borderlands: The Pre-Sequel