Por Felipe Gugelmin

Três anos após o sucesso estrondoso de Vingadores, chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira (23) a primeira sequência do blockbuster, com o subtítulo Era de Ultron. Se o primeiro filme funcionava bem simplesmente por reunir pela primeira vez as grandes franquias da Marvel no cinema, o novo longa tem a dura tarefa de manter o alto nível já estabelecido até aqui.

Para isso, o estúdio decidiu apostar na presença do vilão Ultron, um dos maiores adversários dos Vingadores durante toda a história do grupo. No entanto, isso não quer dizer muita coisa para quem acompanha os heróis somente pelas telas do cinema, motivo pelo qual decidimos fazer este texto explicando qual é a desse simpático robô psicopata.

Tal pai, tal filho

Pym e sua criação

Pym e sua criação

Criado em 1968 pelo desenhista John Buscema em parceria com o roteirista Roy Thomas, nos quadrinhos Ultron é uma criação de Henry Pym — conhecido como Homem Formiga, Gigante e Jaqueta Amarela, entre outros nomes dependendo da roupa utilizada. Desenvolvido a partir de um metal semelhante ao adamantium, o robô é uma consequência dos experimentos que o personagem fazia com inteligência artificial.

Embora inicialmente parecesse que a criação era um sucesso, não demorou muito até que Ultron saísse do controle e passasse a desejar o fim da humanidade. Tudo isso consequência do fato de que a criação da criatura foi baseada nos padrões mentais de Pym, que não é conhecido exatamente por sua estabilidade.

Sem uma consciência humana para compensar seu lado psicopata, Ultron logo tratou de escapar de seu criador, implantando nele um comando telepático para que o Homem Formiga o esquecesse. Desconhecido pelo mundo exterior, o robô continuou trabalhando em melhorias para seu próprio corpo durante anos, até tomar a forma conhecida como Ultron-5, que usou para enfrentar a versão original dos Vingadores — sendo derrotada por ela.

Ameaça insistente

Um dos grandes trunfos de Ultron é o fato de que, mais cedo ou mais tarde, ele sempre dá um jeito de voltar mais ameaçador e poderoso. Além de manter alguns corpos reservas espalhados pelo mundo, o robô costuma implementar comandos mentais em pessoas que seriam capazes de reconstruí-lo — entre elas, o Homem de Ferro e o ciborgue Visão.

Entre as diversas encarnações do vilão, uma das mais marcantes foi Ultron 12, uma versão que não possuía nenhuma das características vilanescas de seus antecessores. Como estamos falando do universo Marvel, obviamente o personagem teve vida curta e foi assassinado por um de seus “irmãos” malignos — o que só serviu para aumentar a culpa de Henry Pym por tê-lo criado.

Ultron (1)

Durante décadas, o vilão teve um papel um tanto “secundário” nas histórias dos Vingadores, caindo na categoria do inimigo comum que é derrotado e volta diversas vezes. Foi só recentemente, durante a saga Era de Ultron, que ele voltou a ganhar relevância e chegou a dominar todo o planeta (algo que uma viagem no tempo e uma grande quantidade de crossovers ajudou a resolver).

Em resumo, Ultron é tanto um robô extremamente poderoso quanto uma inteligência artificial que, apesar de ser derrotado constantemente, sempre arranja uma maneira de voltar. Entre as contribuições do vilão está a criação de diversos ciborgues e robôs feitos “à sua forma”, como o já citado Visão e os personagens Alkhema, Jocasta e Victor Mancha.

E nos filmes?

O Ultron cinematográfico deve seguir o mesmo comportamento visto nos quadrinhos, porém sua origem deve ser um tanto diferente. Como a Marvel ainda não introduziu Henry Pym ao seu universo cinematográfico, o robô deve ser resultado de uma criação de Tony Stark, o Homem de Ferro — ligação que os diversos trailers do longa-metragem já deixaram bastante claras.

Além disso, como os direitos sobre o metal inventado adamantium pertencem à Fox, o vilão deve incorporar um corpo feito em vibranium, mesmo material visto no escudo do Capitão América. Seu processo de desenvolvimento também deve ser um tanto acelerado, visto a presença do androide Visão no filme.

movies-avengers-age-of-ultron

Em resumo, Ultron é um vilão que é ameaçador não somente por seu grande poder, mas por sua capacidade de retornar de forma cada vez mais mortal. Nesse sentido, a principal diferença dos filmes deve ser o fato de que sua criação também deve estar ligada a uma adaptação da saga Guerra Civil, novo grande arco narrativo que deve ser seguido pela Marvel Studios.

Felipe Gugelmin

Aqui para falar que Bird is the word.

>| Twitter

Sem mais artigos