Joker Phoenix

Joaquin Phoenix será o Coringa em filme solo e isso pode ser legal

É possível dizer, com certa segurança, que a Warner está completamente perdida em relação às adaptações dos quadrinhos da DC Comics. Tirando Mulher-Maravilha, que pode ou não ter sido um caso de “mirou no que viu e acertou no que não viu”, todos os filmes do DCEU são os que as pessoas sensatas chamam de “filmes ruins”. Alguns até passáveis, mas outros revoltantes. O fato de Liga da Justiça não ter rendido o esperado fez o alarme soar e projetos completamente aleatórios serem cogitados.

Um desses projetos é um filme solo do Coringa, completamente sem ligação ao DCEU, com um novo ator no papel do palhaço e mostrando a sua origem. Uma ideia meio imbecil, mas que poderia funcionar se não fosse tão confusa. Agora, a Warner confirmou que vai mesmo fazer o filme e ele será estrelado pelo Joaquin Phoenix.

O filme, que será dirigido pelo diretor Todd Philips, terá uma história original e deve começar a ser filmado já em setembro. Ainda não se sabe se o filme terá um Batman ou será totalmente focado no Coringa contra sei lá quem, mostrando sua transformação no personagem que todos conhecem. E veja bem, eu não tô achando a ideia ruim.

Joaquin Phoenix é um ótimo ator e ele pode acabar se mostrando um puta Coringa, mas a Warner parece estar perdida em relação aos filmes da DC. Isso porque, além dessa produção, o estúdio está preparando um filme com o Coringa do Jared Leto, além de sequências pra Esquadrão Suicida, um da Harley Quinn da Margot Robbie e outro do Batman que pode ou não ter o Ben Affleck. Virou bagunça.

Isso e o filme do Shazam, que tá coloridão e pode acabar sendo uma surpresa, pode não ter muita ligação ao DCEU. No meio disso tudo, estão também a sequência de Mulher-Maravilha e Aquaman. A Warner abandonou de vez a lógica e resolveu tocar o foda-se no negócio inteiro?

Seria MUITO legal se a WB resolve abandonar de vez o plano de universo estendido da DC, coisa que acho que só a Marvel conseguiu fazer direito até agora (Star Wars e afins estão tropeçando) e assume de vez um esquema de filmes sem muita ligação entre si, mais ou menos como já faz nas suas animações, que adaptam graphic novels. Faz filme assim.


Eu não preciso ver uma referência ao Batman se estou vendo um filme maneiro do Lanterna Verde. Deixa só o Lanterna Verde fazendo suas coisas. O mesmo vale pra todo mundo.

Sei que já falei demais só pra passar a notícia, mas a Warner tá me deixando confuso com esses filmes. Eu já nem sei mais se vai ser bom ou ruim, mas tô com uma curiosidade mórbida de saber o que vai sair disso tudo.

O filme solo do Coringa ainda não tem data de estreia, mas levando em consideração que semana que vem tem Comic-Con, existe a chance de falarem alguma coisa nos próximos dias.





WELCOME TO THE RICE FIELD