Chris Evans disse antes, durante e depois das filmagens de Vingadores: Guerra Infinita que estava no final do seu contrato com a Marvel e que gostaria de seguir em frente com a sua carreira antes de começar a fazer filmes ruins. Justo, mas isso basicamente confirmava que o Capitão América capotaria no filme ou, no mínimo, um novo ator assumiria o papel no futuro.

O filme saiu e (isso nem é mais spoiler) meio universo virou pó, mas o Capitão seguiu de pé. Todo mundo tá esperando um reencontro do Capitão América com o Homem de Ferro e a surra que o Thanos vai receber (provavelmente pelas mãos da Capitã Marvel). Só que tudo isso ainda deixa mais claro que Steve Rogers vai pra vala. Agora, o Evans praticamente confirmou tudo se despedindo do personagem.

Em uma postagem no seu Twitter, o ator confirmou que hoje foi o seu último dia das refilmagens de Vingadores 4, afirmando ter sido um dia bastante emotivo, agradecendo a todos com quem trabalhou nesses oito anos como Capitão América e aos fãs que o acompanharam por esse tempo. Ele fechou dizendo que será eternamento grato pela experiência.

Agora, nada impede que Steve Rogers ajude a sentar a porrada no Thanos, trazer todo mundo de volta e simplesmente abandonar o manto de Capitão América para, provavelmente o Bucky assumir. Claro que pode acontecer. Só que ele sempre foi um soldado e a chance de ele se sacrificar para salvar todo mundo casaria direitinho com o que o personagem sempre foi. Considerando a despedida, 2+2=HE DEAD.

Então, caso você tenha chorado em Guerra Infinita, leve isso em consideração e a possibilidade de Vingadores 4 também ser o último filme do Robert Downey Jr no MCU e já dá pra começar a chorar desde já (sério, se os dois morrerem juntos pra salvar todo mundo no final, vai ser muito um golpe baixo da Marvel. Mas MUITO baixo).

Chris Evans e Robert Downey Jr

Vingadores 4 (que ainda não tem título confirmado porque aparentemente dane-se a gente) estreia no dia 3 de maio de 2019.

Sem mais artigos