E a Marvel realmente tentou colocar o Homem-Aranha em Capitão América: Guerra Civil

A Sony Pictures sofreu recentemente um ataque de hackers, que invadiram seus servidores e roubaram milhares de documentos do estúdio. Aos poucos, vários desses documentos e e-mails entre executivos estão sendo vazados na internet. O mais recente vazamento revela que a Sony foi procurada pela Disney, através do Marvel Studios, para emprestar o Homem-Aranha para que ele fosse usado em filmes do Universo Marvel nos cinemas.

De acordo com o Wall Street Journal, e-mails de executivos do alto escalão da Sony revelam que a Marvel queria que o Homem-Aranha fizesse parte de Capitão América: Guerra Civil, provavelmente com o Andrew Garfield interpretando o Parker. A ideia é de que a Marvel daria um jeito de unificar os universos e tornar possível a inclusão do Aranha na história.

Só que a Sony bundiou, fazendo com que a Marvel seguisse em frente sem o Peter Parker no filme. Parem pra pensar nisso.

A MARVEL FOI ATRÁS DA SONY PRA USAR O HOMEM-ARANHA NO UNIVERSO CINEMATOGRÁFICO E O NEGÓCIO NÃO FOI PRA FRENTE. Por causa de algumas decisões, não veremos o Chris Evans, RObert Downey Jr e Andrew Garfield juntos na tela, contando a história da Guerra Civil da Marvel.

Uma nova trilogia pela Marvel

Em outros e-mails, é revelado que Doug Belgrad, presidente da Sony Pictures, sugeriu uma nova trilogia do Homem-Aranha, produzida pela Marvel, só que distribuída pela Sony. De acordo com os e-mails, talvez esse acordo não tenha ido pra frente porque a parte criativa dos filmes ficaria com a Sony, o que provavelmente complicaria pra Marvel.

No modo “estamos atirando pra todos os lados e não sabemos o que estamos fazendo”, algumas mensagens também revelam que o estúdio estaria até mesmo atrás do Sam Raimi para dirigir ou produzir um novo filme.

No final, fica a notícia de que os executivos da Sony se reunirão em janeiro para decidir exatamente o que será feito da franquia Homem-Aranha nos cinemas.

Particularmente, eu não sei o que falar sobre isso. A Sony teve uma oportunidade DE OURO de revitalizar o personagem ao emprestá-lo para a Marvel. Ok, a Disney ganharia dinheiro, mas na atual situação do personagem dentro do estúdio, qualquer coisa seria lucro. Não dá pra saber quem foi o responsável pelo acordo ter ido pro saco, mas dói saber disso.

Eu ainda quero acreditar que mais pra frente, principalmente com a trama dos filmes da Marvel podendo envolver diferentes dimensões (aquela jóia da realidade pode ser usada pra isso), o Homem-Aranha apareça em um filme ao lado de Capitão América e Homem de Ferro.

Só fico realmente triste em saber que isso já poderia acontecer logo na Guerra Civil.

Leia Mais
Community: sexta temporada já tem data de estreia